Dicas e Conselhos

 O que fazer e o que não fazer na sua nova cozinha?

Eis algumas dicas e conselhos da nossa equipa que lhe irão ser muito úteis.

#1

Fazer: Ter um elemento que seja criativo, divertido e único
Não Fazer: Copiar, repetir e ser aborrecido

As melhores cozinhas são aquelas às quais se conseguiu imprimir um espírito, uma alma que é quente, acolhedor e convidativo.
Cada projeto é uma oportunidade de fazer algo único e pessoal, para uma determinada familia. Não se trata apenas de caixotes, portas e tampos. Todo o espaço tem de ser pensado e agir em consonância.


#2


Fazer: Móveis superiores até ao teto
Não fazer: Móveis superiores baixos

Além de perder imenso espaço de arrumação, ainda que use as prateleiras a que não chega sem recorrer a uma pequena escada para objectos que não necessita no dia a dia, os móveis mais baixos apenas servem para acumular pó indesejado.
No caso ter uma cozinha de reduzidas dimensões, poderá considerar móveis superiores em vidro transparente para maximizar a sensação de espaço e não se sentir atrofiada na cozinha.


#3

Fazer: Simples é a palavra de ordem
Não Fazer: Não saber como parar

Não há nada pior do que uma cozinha cheia de detalhes e pequenos pormenores, assim como uma cozinha cheia de tralha e desorganizada.
Deverá pensar muito bem nos equipamentos e acessórios que usa no seu dia a dia e prever arrumação e organização para todos eles na sua nova cozinha. Preveja espaço para os equipamentos e eletrodomésticos que usa e os que um dia irá usar e por favor, deite fora ou ofereça tudo aquilo que não usa!


#4


Fazer: Organize os electrodomésticos
Não Fazer: Dispersar

Deve-se seguir uma regra básica na implementação de uma cozinha funcional, a que chamamos de triângulo de trabalho. Numa implementação ideal a banca deverá estar no alçado oposto à placa, com forno, frigorifico, microondas, etc, juntos e à direita ou esquerda na cozinha. Desta forma, conseguirá uma vivência na cozinha muito mais funcional e agradável. Já agora, esconda tudo o que puder. Grandes elementos à vista, como frigorificos americanos, microondas sobre o tampo, etc, vão tornar a sua cozinha menos funcional, menos arrumada e menos atraente!


#5

Fazer: Adaptar a cozinha à realidade
Não fazer: Pensar em grande

Um dos erros que vemos diariamente serem cometidos é os nossos clientes tirarem ideias de cozinhas, equipamentos e soluções que simplesmente não funcionam na sua cozinha. Pelas suas dimensões, características, exposição solar, numero de utilizadores, cada cozinha e projeto é único e seu. Por isso, tire ideias e faça a sua pesquisa, mas não deixe de ter em mente o real espaço e orçamento de que dispõe para evitar desilusões, dificuldade de tomar decisões e já agora, confie no seu designer!


#6

Fazer: Deixar paredes livres
Não Fazer:
Encher tudo de mobiliário

Quando se necessita de muita arrumação e temos uma cozinha pequena há a tendência para colocar móveis em tudo o que é parede. Mas é um erro. Uma boa solução de design é aquela que que cria um balanço ideal entre arrumação, função e estética. É necessário organizar a capacidade arrumação maximizando-a mas também não nos podemos esquecer de deixar espaço livre para respirar!

Google+